sexta-feira, 27 de maio de 2011

domingo, 22 de maio de 2011

família ê

Esse negócio de amor é algo mesmo bem exclusivo. Quando se tem amor por si mesmo, é algo encantador. Uma pessoa que se ama encanta a todos e tem o amor de todos, faz amor, vive amor. Cultiva e planta amor. Mas o amor e o que é, o amor. É amor. É amor! Sabe-se la ao certo.

O amor pela mãe, aquela que sorri todos os dias das pequenas coisas e que em seus melhores e piores momentos te acompanha e te mostra o quanto a vida é bonita.

O amor pelo pai, que as vezes erra, que as vezes exagera, mas que é humano e te ama. E faz das coisas o melhor que pode de acordo com suas possibilidades.

O amor pelos irmãos. Que longe ou perto são a sua cara, e embora você não lembre sempre disso, faz coisas como eles e todos a sua volta dizem que vocês são iguais.

E os sobrinhos, há.. os sobrinhos! Eles devolvem a vida da gente. Fazem a gente lembrar que existe alegria e coisas boas em cada canto do mundo e que devemos ser simples e sinceros o bastante para identifica-los.



As tias e os tios são um valor unico. Formam a sonoridade da vida, sem a qual a dança não tem sentido.

Família é um amor grande. é um amor único! É um amor do tamanho do mundo.

Quando família ta bem, a vida ta bem, a coisa vai pra frente.
Não desencadeia, não solta pelo avesso, não anda na contramão.

E pelo tiro fora de série. Pela série fora de forma, invista no sentimento que tem pela sua família.


Deus uniu vocês em laços divinos que iluminam a sua vida até hoje.

Afinal, do que você mais gosta em você, você sabe qual o traço genético que te trouxe até aqui.




E por mais que tudo não sejam apenas rosas, não sejam flores sempre unicas de lugares inacreditávelmente lindos e especiais, os momentos em família são os melhores e os sentimentos que se cultivam, 
desde sempre, também.  

'As realidades paralelas,

ainda que fictícias, pertencem ao todo que compõe a nossa existência.'


'A emoção de presenciar as pessoas unidas por um mesmo propósito, por algo que surgia da espontaneidade de cada rosto, me fazia ter certeza de que estava no lugar certo. 
Meu corpo, atento, sentia a vibração das freqüências graves sem um piscar.'


'O momento que procede o sono certamente esconde muito do que julgamos incompreensível, como um estado de preparação para algo sagrado ao qual damos pouca importância. 
Certamente algo inquestionável como a necessidade do oxigênio, ou do alimento.
 O sono é bem mais do que tudo isso. É uma conexão com o outro lado.
 Pode ser um outro lado distante ou não, uma realidade palpável ou não.
 A minha impressão é que pertencemos mais ao lado de la do que ao lado de cá e 
que um dia acordaremos la, muito mais leves e despreocupados.'


'Vejo cores incríveis ocupando espaços opacos e não sinto frio ou calor. 
Posso ver os cômoros e o ponto onde quebra a ultima onda,
as gaivotas planando no silencio da maior serenidade que
 ja presenciei enquanto permaneço imóvel neste instante que me pede para me portar assim.
Estou esperando, não sei exatamente o que. Sei que estou esperando.
Por um segundo me passa pela cabeça a possibilidade de que
 não aconteça nada e assim eu permaneça pela eternidade.
Não posso afirmar qual é o meu desejo,
sinto um pouco de medo quanto ao que possa vir, e um receio de que nada venha.
Aos poucos começa um movimento cadenciado das nuvens coloridas deste céu psicodélico.
Tudo começa a acelerar e acelerar, o vento começa a sacudir tudo,
até mesmo meu corpo incrustado na terra, longe do poderio dos pássaros. Não há mais luz.'

Força e delicadeza, sonho e precisão de um autor e compositor gaúcho..

Duca Leindecker

enfeitando e enriquecendo esse blog.

domingo, 8 de maio de 2011

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Estranho é a meia noite de um dia longo, que demora pra acabar logo de primeira, um dia do tipo milhares de coisa pra fazer e por favor preciso de mais horas no meu dia, quando acaba, ali por uma meia noite, numa quinta-feira modorrenta, tu não ter se quer uma pessoa conversando ctg e pedindo pra ti ficar mais um pouco, pra lhe fazer companhia, alguém que pessoa por favor pra ouvir suas bobagens por mais uns cinco minutos e que isso, afetaria, positivamente, assim que ele fosse dormir e assim que ele acordasse, com um sorriso.