domingo, 8 de julho de 2012

'Os muros da cidade falavam alto de mais coisas que ela não podia mudar nem suportar..'

'Acordar de madrugada vindo de outro planeta, sentir-se só.. uma criança num berço de ouro e a ferrugem ao seu redor.

Quis voltar pra casa, cansou da violencia que ninguem mais via
Viu milhoes de fotografias e achou todas iguais

Ela me olhou como se soubesse desde o início que eu também não era dali

Tinha a força de quem sabe que a hora certa vai chegar..'

Nenhum comentário:

Postar um comentário